Portal do Governo Brasileiro
  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

Estudantes vão auxiliar na elaboração de Cadastro Ambiental Rural de imóveis na BA

Imprimir

Amanda Gonçalves, do Consórcio GT1 + EMAB, durante treinamento no Câmpus GoiâniaAlunos do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária do IFG – Câmpus Goiânia participam de capacitação para auxiliar os trabalhos relacionados ao Cadastro Ambiental Rural (CAR), elaborado pelo consórcio GT1 + EMAB, para as propriedades localizadas na Bahia. O objetivo é selecionar 15 estudantes do curso que prestarão serviços à distância para o consórcio.

Formado pelas empresas de Meio Ambiente do Brasil LTDA e Hominus Gestão e Tecnologia LTDA, o consórcio GT1 + EMAB atua desde 2015 no Estado da Bahia e é responsável, dentre outras questões, pela coleta de informações para a realização do CAR. O cadastro é obrigatório para que os proprietários das áreas consigam ter acesso a crédito junto aos bancos rurais e programas governamentais, conforme prevê a atual legislação ambiental.

Representantes do consórcio procuraram a Coordenação de Engenharia Ambiental e Sanitária do IFG – Câmpus Goiânia para propor parceria e, consequentemente, oportunidade de atuação dos estudantes nesse tipo de mercado. “Vejo a iniciativa com muito bons olhos, pois comprova a credibilidade das empresas em relação ao IFG e ao curso de Engenharia Ambiental e Sanitária, apesar deste ainda ser muito novo. Sinal de que estamos no caminho certo”, afirma o coordenador do curso, Viníciu Fagundes Bárbara.

Profissionais das empresas estão no câmpus para realizar o treinamento junto alunos do 4º ao 8º períodos do curso. O objetivo é capacitar os estudantes que vão auxiliar na elaboração do CAR, que é o instrumento de regularização ambiental de propriedades rurais. Esse cadastro tornou-se obrigatório a partir da sanção da Lei Federal nº 12.651/2012, o novo Código Florestal Brasileiro.

Após o treinamento, os alunos selecionados ficarão responsáveis pela alimentação das informações técnicas referentes aos imóveis rurais no sistema do CAR. Essas informações envolvem dados sobre Reserva Legal (RL, Áreas de Preservação Permanente (APPs), remanescentes de vegetação nativa, áreas de interesse social e de utilidade pública, área rural consolidada, dentre outros dados necessários para a elaboração do cadastro. As informações serão coletadas pelos profissionais do consórcio, que as repassarão aos alunos.

Para o professor Viníciu, a oportunidade que os estudantes terão de participar desse processo é positiva. “É muito gratificante ver alunos tão interessados se envolvendo, ainda durante a graduação, com o mercado de trabalho. Dessa forma, adquirirão experiência prática e amadurecerão profissionalmente mais rápido”, acredita.

 

 

 

Coordenação de Comunicação Social do Câmpus Goiânia.