Portal do Governo Brasileiro
  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

Últimos dias de inscrição para os cursos técnicos subsequentes do Câmpus Goiânia

Imprimir

Termina neste domingo, 19 de fevereiro, o período de inscrição no processo seletivo para os cursos técnicos subsequentes do Câmpus Goiânia. Ao todo, são oferecidas 90 vagas para os cursos de Eletrotécnica (30 vagas), Mecânica (30 vagas) e Mineração (30 vagas), para o primeiro semestre de 2017. Os cursos são gratuitos e destinados para pessoas que concluíram o ensino médio e desejam fazer um curso técnico.

A taxa de inscrição no processo seletivo é de R$ 30,00. O prazo final para o pagamento da taxa de inscrição se encerra no dia 20. A relação das inscrições será publicada no dia 22. E os candidatos inscritos poderão consultar os locais de prova no dia 8 de março, na página do Centro de Seleção.

 

Seleção

O processo seletivo é composto por prova objetiva de múltipla escolha, que será aplicada no dia 12 de março. O resultado final da seleção será divulgado no dia 31 de março, conforme cronograma retificado. E as matrículas dos candidatos aprovados em primeira chamada serão realizadas nos dias 3 a 5 de abril, das 8 às 13 horas, na Coordenação de Registros Acadêmicos e Escolares do Câmpus Goiânia.

 

Sobre os cursos

O curso técnico subsequente em Eletrotécnica tem duração de 2 anos e visa formar profissionais para atenderem às demandas do setor elétrico, principalmente, nos processos industriais de produção e circulação de energia. O estudante é instigado a propor soluções práticas por meio das habilidades técnicas adquiridas na área da eletricidade. O curso é destinados às pessoas que concluíram o ensino médio. A formação técnica é oferecida no noturno no Câmpus Goiânia.

Saiba mais sobre o técnico subsequente em Eletrotécnica

O curso técnico subsequente em Mecânica tem duração de 2 anos e desenvolve as potencialidades do estudante para atender às demandas da área, como desenhar e acompanhar projetos mecânicos, programar máquinas para usinagem e conformação mecânica, isto é, aplicar técnicas e ferramentas em materiais, transformando-os e remodelando-os. Ele também é responsável por fazer serviços de metalurgia, como soldagens e inspeção de processos de fabricação com metais, além de realizar ensaios e especificar materiais para construção mecânica. O técnico também pode oferecer assistência especializada na área. O curso é oferecido no noturno no Câmpus Goiânia.

Saiba mais sobre o técnico subsequente em Mecânica

O curso técnico subsequente em Mineração também tem duração de 2 anos e é destinado à capacitação de mão de obra especializada para atuação em trabalhos que envolvam lavra, pesquisa e tratamentos de minérios em usinas. Lidando com o avanço da ciência e da tecnologia, o aluno também aprende a aplicar técnicas de recuperação ambiental de áreas mineradas, fazendo uso de softwares relacionados à geologia e engenharia de minas. O curso é oferecido no noturno no Câmpus Goiânia.

Saiba mais sobre o técnico subsequente em Mineração

 

Consulte o edital retificado nº 001/2017 – Processo seletivo cursos técnicos subsequentes do IFG - Câmpus Goiânia

Faça a sua inscrição



Coordenação de Comunicação Social do Câmpus Goiânia.